sexta-feira, 16 de julho de 2010

O Leitor : destaque e comentários de algumas cenas.

A cena 1 http://www.youtube.com/watch?v=fqMKKdlUoBY&feature=related


destacada pela Alice inicia falando de quem detem o privilégio da informação: ora pode ser perverso, ora nobre… Mas, sempre há segredos a esconder.

Na parte da cena 1 que a personagem Hanna pergunta qual idioma o menino estuda e ele fala algumas frases em latim e em grego e ao ouvir as tais frases ela diz que é lindo, o menino se surpreende e indaga: “Como pode saber se é lindo se não sabe o significado?!”

Este é o ponto: Saber o significado do que lê, do que escuta…

Saber ler. Ser bom na leitura. Leitura não é simplesmente codificar ou decodificar signos, mas já é um começo.

Importa que a leitura seja significativa e agregue valor, conhecimento… de homem e de mundo.

------ X  ----- X -------
No destaque de cena que Alice fez : Cena 2 http://www.youtube.com/watch?v=AUj38TF–Tg&feature=related


mostra que Hanna e o menino estão passeando. Ele tem um mapa em mãos e diz que vai mostrá-la para onde vão. Ela não se interessa e diz: “Não quero saber!!!”

Eles chegaram a uma Igreja onde há um coro de crianças ensaiando. Hanna senta-se e se emociona com o que vê, escuta…

O menino a observa emocionada. E se encanta. Enamorado, ele escreve um poema enquanto Hanna continua vivendo o momento, agora um banho de rio.

Neste momento do filme, a nossa subjetividade nos deixa com um sentimento de interpretação de sensibilidade e delicadeza de Hanna…

Nos faz remeter ao amor, a paixão, a beleza interior… de ambos os personagens que vivem um momento de descoberta mútuo. Embora, em sentidos tão diferentes. Ele se encontra e escreve um poema movido pelas suas emoções. Ela se reencontra e segue vivendo cada momento.

O fato é que cada um deles tem uma leitura silenciosa deste momento e são envolvidos na sua própria subjetividade. Eles não compartilham da leitura, deste momento. Aqui é feita um leitura individual. Cada um, fica com a sua leitura do momento.

---- X ---- X -----
 
Nesta última cena destacada http://formacaocineclub.wordpress.com/2010/06/19/o-leitor/#comment-27


Vemos que Hanna, confinada, depois de anos, sente-se motivada a ler e escrever. Ela é analfabeta, mas quer se arriscar. Então pega o livro A Dama e o Cachorrinho e acompanha a leitura do texto gravado… e avança… e domina o conhecimento, a codificação dos signos. Ela agora sabe ler e escrever, as letras, as palavras, as ideias…

Com confiança escreve uma correspondência: “Obrigada pela última, garoto. Gostei de verdade”.

Ele sabia que ela era analfabeta. Se surpreende com a correspondência.

O intrigante está na expressaõ: “gostei de verdade”.

Mostra o domínio da leitura e da escrita. Ela agora saber ler. E demonstrará que aprendeu a ler além das linhas apresentadas…

domingo, 27 de junho de 2010

Navegar no Ciberespaço: o leitor imersivo...

Estudo do Capítulo 1




Este vídeo mostra pouco do perfil cognitivo do leitor imersivo do ciberespaço. Mas, serve para começarmos a pensar sobre os tipos de leitores. Aguarde... farei aqui um resumo do capítulo 1 do Livro supra citado, de Lúcia Santaella.